A Igreja Presbiteriana do Brasil sempre foi conhecida pela preocupação e seriedade quando tratando do louvor* dentro da igreja. Tanto no que se refere à qualidade das músicas executadas, mas principalmente no conteúdo dos cânticos, ou seja, a letra em si.

E por esses dias esta preocupação veio ao meu coração, pois quando visito outras igrejas não é raro me deparar com cânticos que nunca ouvi, e que ao fazer uma análise superficial da letra já fico ressabiado.

Fazendo então uma pesquisa na internet, encontrei um artigo de um pastor batista, que são conhecidos por incentivar os ministérios de louvor a disseminar o evangelho através da música, fazendo críticas severas e profundas das letras cantadas atualmente.

Ele faz uma análise bíblico-teológica dos louvores à luz da teologia reformada, de músicas tocadas nas igrejas batistas de São Luís, no estado do Maranhão, de grupos conhecidos como Diante do Trono, David Quilan, Toque no Altar, entre outros.
Como o artigo é bem extenso, dou a dica: vá diretamente à página 63 que é quando ele começa a fazer a análise das músicas em si.

O link foi extraído do site http://www.monergismo.com

ANÁLISE DE LOUVORES CONTEMPORÂNEOS

Vale a pena conferir !!!

* Louvor aqui se refere à música que é apresentada nos cultos, lembrando que louvor, em um sentido mais amplo, é entendido como todas as ações de nossas vidas.

Anúncios