Transcrevo aqui uma ilustração que o pastor Norberto utilizou no último sábado, dia 01/12 na IP de São Caetano do Sul:

“Diálogo entre um pastor evangélico e um ateu.

Pastor – Os cristãos são o único povo verdadeiramente livre!
Ateu – O senhor só pode estar de brincadeira né? Crente não pode fazer nada, tem um monte de proibições!
P – Mas quem te disse isso? Nós cristãos, podemos fazer tudo, sem exceção.
A – Ah, tá querendo me enganar !? Acha que eu não sei que vocês não podem fumar?
P – Podemos! Cigarro de palha, charuto, cachimbo, piteira. Até um baseado se quiser.
A – O QUÊÊÊ ? Você não pode estar falando sério. Você é pastor de crente mesmo?
P – Sim, qual é o problema?
A – Tudo bem, mas vai me dizer que vocês podem beber também?
P – O que você imaginar. Cerveja, pinga, cachaça, whisky, vodka, rum. Pode beber direto da torneira do barril, inclusive.
A – Como assim ??? Não tô entendendo mais nada. Vocês também podem usar drogas, por acaso ?
P – Todas! Maconha, cocaína, heroína, ecstasy, crack.
A – Nooossa, e você se diz pastor de crente mesmo? Há, mas tem uma coisa que vocês não podem… hehe.
P – Já imagino o que você irá dizer.
A – Sexo!
P – De tudo que é jeito. A posição que você imaginar.
A – Caramba, de que igreja você é? Tô pensando seriamente em entrar nela.
P – Ah, mas calma lá. Tem uma coisa que eu ia esquecendo de lhe dizer. Nós cristãos podemos fazer todas estas coisas, porém, nós não precisamos delas, pois temos a Cristo! Ele é suficiente para nossas vidas, ele nos traz plenitude de paz e espírito.
Agora eu lhe pergunto: um sujeito que fuma, consegue parar de fumar de um dia pro outro?
A – É… bem…
P – Não consegue! Porque ele é escravo do cigarro! E um alcoólatra, consegue parar de beber?
A – Ih… sei não..
P – Também não consegue, porque é escravo da bebida. Mas nós cristãos somos livres. Verdadeiramente livres, através do sangue de nosso senhor Jesus Cristo!”

E você meu amigo, é livre? Ou ainda é escravo do pecado? Procure a Cristo, entregue à Ele sua vida, e as algemas do pecado serão quebradas. Busque a liberdade que só Cristo pode dar.

Anúncios