Tropa de Elite

Por esses dias assisti o filme “Tropa de Elite” que vem causando bastante polêmica e repercussão com suas frases de efeito e violência desvairada (entenda violência como tapa na cara dos bandidos e não sangue espalhado pela tela).
De fato, o filme traz uma discussão que nós cristãos não podemos ficar omissos, mas que é muito difícil tomar um partido. A polêmica é: Os métodos utilizados pelo BOPE (Batalhão de Operações Policiais Especiais) para combater o crime são realmente necessários?

O questionamento se baseia no fato de muitas vezes, os policiais atirarem primeiro e perguntarem depois. É claro que não podemos concordar com a violência excessiva. Porém, o buraco é muito mais embaixo. Policiais mal-remunerados que se tornam corruptos e coniventes ao crime organizado; um governo que faz vista grossa para a questão da segurança, pois em muitos casos se beneficia financeiramente deste tumulto; uma sociedade “burguesa” que financia o tráfico e a compra de armas e age de maneira hipócrita dizendo não ser responsável pela violência. Esses, entre outros motivos, nos levam ao quadro atual que dificilmente será revertido.

Bom, se você ainda não assistiu o filme, faça-o e deixe seu comentário sobre ele.
E que Deus nos guarde de tanta violência e nos ajude a encontrar formas de amenizar o atual estado caótico em que vivemos.

Ah, só mais uma coisinha. William! PEDE PRA SAIR, PEDE PRA SAIR !!!!!!!!!!!

Anúncios